Sinalização manual para guindastes – NBR11436

Como eu faço para dizer ao operador o que eu quero que ele faça com a carga que esta em seu guindaste?

Quando você aluga um guindaste ou guindauto (caminhão munk), você quer utilizar ao máximo este equipamento fazendo valer todo o dinheiro aplicado.
Você precisa ser capaz de comunicar de forma rápida e eficiente com o operador, para que este possa fazer o que exatamente você precisa que seja feito. Felizmente para que este comunicação seja feita de forma clara e segura, existe uma linguagem universal para orientar os movimentos do guindaste… Os sinais manuais.

Estes mesmos sinais são usados oficialmente em todo o mundo … mas aqui no Brasil, vemos algumas variações bastante criativas, por isto sempre que um sinaleiro entra em um canteiro de obras este deve conversar com o operador e os demais sinaleiros sobre as praticas locais, pois, esta variações são regionais e de empresa para empresa.

Não tenha medo da longa lista de sinais, você pode orientar de forma muito eficaz os movimentos do seu operador de guindaste.

Pois com a prática este se tornam simples e instuitivos, pois isto o sinaleiro deve sempre atuar com atenção e a prática continua, abaixo algumas das responsabilidades que o sinaleiro deve saber:

  • O sinaleiro se torna aos olhos do operador de guindaste. Muitas vezes, o operador não pode ver a carga, seja ao longo de um telhado plano ou do outro lado de uma parede, etc…  As vezes mesmo a carga bem a sua frente dele, o operador não pode ver através dela e prever onde possa haver um obstáculo.
  • O sinaleiro deve ter consciência de cada movimento que a carga fará a cada sinal. CO Os sinais para guindaste destinam-se a dizer ao operador do guindaste o que ele fazer e em qual direção a carga irá. Um sinal faz com que o guindaste se mova, gire suba e desça carga.
  • Certifique-se que seus sinais são visíveis para o operador. Existe um sentimento de que o mantendo um contato visual com o operador este estará vendo seus sinais. Errado … E esta é uma falsa percepção que um bom sinaleiro tem que trabalhar duro para mudar, pois um bom sinaleiro deve saber quando seus sinais estão sendo visto, interpretados e executados pelo operador. Muitos operadores ignoram os sinais por acreditarem que já sabem o que deve que ser feito, isto é uma prática ariscada, pois o sinaleiro que deve orientar o operador e não o contrario. Um bom operador sabe que ele não pode executar nenhum movimento de seu equipamento sem que lhe seja dada uma orientação

Porque utilizar sinais se é mais facil simplesmente falar o que quero?

Esta é uma pegunta comum a muitos, alguem podem achar o uso da comunicação verbal muito mais simples, ja que dispomos de uma infinidade de palavras e de dispositivos de comunicação e um dos mais utilizados no canteiro de obras é o rádio comunicador.

Para alguns falar CERTO é simples mas para alguns…

Bem… Sim, talvez… Acho que… Pode descer, desce um pouquinho, um bocadinho, um tantinho… Não, sobe… Sobe!!! Sobe!!! Para, para, para!!! Xiiiii bateu…

Assim como a comunicação pode parecer simples, tabém pode se tornar algo complicado e extressante.

Vantagem do uso dos sinais

  • Clareza. O “vocabulário limitado” dos sinais padrões evita um duplo entendimento, enquanto a comunicação verbal pode apresentar hábitos regionais como sotaque, gírias e termos diferentes o que dificulta o entendimento. Um “Sinaleiro” só pode utilizar um sinal, ou uma combinação de sinais, para orientar um determinado movimento da máquina.
  • Velocidade. A velocidade que viaja uma imagem é similar a velocidade da luz. Mais importante ainda, com a prática, a mão humana pode formar um sinal complexo mais rápido do que a língua possa emitir uma única sílaba.
  • Distância. Os guindastes geralmente são utilizados quando se necessita de um raio maior de alcance ou a carga deve ser manuseada sobre de obstáculos. Instruções verbais se tornam mais difíceis de interpretar entre o locutor e o ouvinte, mesmo o uso do rádio que pode sofrer interferência e chiados com isto aumentando o risco de desentendimento e movimento errados.
  • Barrulho. Em um ambiente industrial ou de construção existe muito barulho, o que pode interferir em uma comunicação verbal, quando utilizamos sinais este barulho não interfere em nada.

Cristovão de Souza

Esta entrada foi publicada em Textos. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Uma resposta a Sinalização manual para guindastes – NBR11436

  1. israel.leandro disse:

    Professor,
    Gostaria de agradecer pelos ensinamentos durante o curso que por sinal é amplamente aceito pelas empresas, estou em Ourilândia do Norte/PA atuando como supervisor de movimentação de cargas (projeto e execução) na Unidade Onça Puma da VALE. Ter feito o curso aumentou as minhas chances no mercado de trabalho, pois já atuei na Bahia na Construção e Montagem do GASCAC – Petrobras e sempre surgem novas oportunidades. Valeu mesmo!!!!.

    Descobri este canal de comunicação recentemente e sem dúvida facilita a nossa vida com informações atualizadas.

    Israel Leandro

Deixe uma resposta